Frugalidade

Atualizado em 05.12.2021

“As coisas que você possui acabam possuindo você”

Ser frugal não significa ser “mão de vaca”, abandonar a vida social e comprar sempre o mais barato. Trata-se de descobrir o que te faz realmente feliz e confortável entendendo que os recursos que temos no momento são limitados e devemos usá-los com racionalidade sem sacrificar o conforto.

O tema é antigo, porém, ainda podemos adotar essa prática nos dias de hoje tendo em vista que cada vez mais vimos pessoas buscando felicidade nas coisas materiais.

Ninguém fica rico sendo frugal, assim como, existe uma linha tênue entre ser “pão duro” e ser frugal:

a. Ter um bem ou serviço de qualidade inferior apenas para pagar menos é ser “pão duro”.

b. Pagar menos em por algo com mesma qualidade ou qualidade similar é ser frugal.

Enquanto o mesquinho liga apenas para o preço, o frugal liga para seu valor ou importância.

Listei alguns hábitos que podemos aplicar no cotidiano para ter uma vida mais equilibrada:

1. Não comprar por impulso. Está realmente precisando disso ou é algo que te vai alegrar apenas momentaneamente?

2. Planeje suas refeições . Coma mais vezes em casa, evite desperdícios e corte os lanchinhos.

3. Vestuário – compre o essencial, porém, muitas vezes vale a pena pagar mais caro por uma peça de roupa de uma loja premium quando isso resultar em maior qualidade e durabilidade. Também aproveitar os descontos antes da troca de coleção.

4. Promoções – economizar usando cupons de desconto em bares e lojas, muitos restaurantes são cadastrados em programas de vouchers que dão excelentes descontos.

5. Exercícios – separe um tempo do dia para fazer uma caminhada, nem que seja por meia hora, correr no parque é de graça e contribui para ter uma saúde melhor.

6. Entreterimento – tem sempre aquele viciado que tem todas assinaturas de TV . Reduza o número de serviços e troque esse tempo para ler um livro, estudar algo novo, galerias de arte ou apenas dar uma volta no parque.

7. Economia – pague você primeiro. separe um valor para investir antes de pagar as outras despesas. Porém, adote esse hábito apenas se você não paga juros de empréstimos ou financiamentos. Isso porque não tem rendimento que compense juros de bancos.

Ser frugal não é ser mesquinho, é um estilo de vida que nos deixa mais confortável com menos recursos, nossos hábitos não vão mudar da noite para o dia, porém, mas há pequenas mudanças que podemos aplicar no nosso dia a dia para termos uma vida mais equilibrada.

Para finalizar segue mais 2 citações de um filme que curto e que muito fala do consumismo.

“A publicidade põe a gente pra correr atrás de carros e roupas. Trabalhar em empregos que odiamos para comprar merdas que não precisamos.”

“Você não é o seu emprego. Nem quanto ganha ou quanto dinheiro tem no banco. Nem o carro que dirige. Nem o que tem dentro de sua carteira. Nem as calças que veste.”

Deixe uma resposta